Palestra pública ocorrerá na Rua Antônio Doll de Moraes 105, Diadema, próximo ao Terminal Metropolitano, às 14h00.

641238B8 C544 4529 8C01 F997F0600C16

Cartaz Pergunte

No dia 30/03/2019, neste sábado, entre às 15h00min e 17h30min, na cidade de Diadema, na Praça da Moça, ocorrerá um evento de Divulgação Científica ao ar livre.

O grupo de Divulgação Científica Via Saber em parceria com o Observatório Astronômico de Diadema e com a Prefeitura de Diadema promovem o evento "Pergunte a um(a) cientista: Leis do Universo". Durante o evento, professores universitários ficarão na Praça da Moça a disposição da população para responder suas dúvidas. Qualquer pessoa que esteja no local pode perguntar sobre qualquer conteúdo científico aos pesquisadores.

Por que o céu azul? Como surgiu o Universo? Existe vida em outros planetas? Venha perguntar!

O evento é público e gratuito. O local pode ser acessado à pé, de carro ou de ônibus.

 

A ciência é para todos! 

 

 

por: Leonardo Sioufi Fagundes dos Santos*

O dia pode ser dividido em um dia e uma noite. A frase é estranha porque a palavra "dia" aparece com dois significados distintos. A primeira palavra "dia" significa o ciclo completo entre um nascer do Sol e o seguinte. Já a segunda palavra "dia" denota apenas o período entre o nascer e o pôr do Sol. Ao longo do texto, o leitor deverá saber quando dia significa o ciclo completo ou apenas o período luminoso.

O dia tem 24 horas. O dia e a noite somados tem 24 horas. Isso implica que o dia e a noite têm 12 horas cada? Não.

Durante os dias de primavera e de verão, o dia é maior do que a noite. Em outras palavras, durante a primavera e o verão, o dia dura mais do que 12 horas. Consequentemente, a noite tem menos do que 12 horas. Já no outono e no inverno, a situação se inverte. Nos dias de outono e inverno, o dia perdura menos que 12 horas. A noite fica mais longa do que o dia. 

Há apenas dois dias no ano em que o dia e a noite tem 12 horas cada. Nestes dias ocorre um fenômeno astronômico chamado de "equinócio". O prefixo "equi" em "equinócio" lembra a equivalência entre a duração do dia e da noite. Os dias de equinócio variam a cada ano, mas sempre ocorrem nos meses de março e setembro. O primeiro equinócio do ano ocorre entre 20 e 21 de março. 

Aproveite este mês e preste atenção no nascer e no pôr do Sol. No dia 20 de março deste ano de 2019, o dia e a noite durarão 12 horas cada. Como o dia tem 24 horas e o dia terá 12 horas, então o dia durará metade de um dia. É dia de equinócio! É o fim do verão e o começo do outono aqui no Brasil e em todo o hemisfério sul. No hemisfério norte acabará o inverno e começará a primavera.

Para aqueles que quiserem saber mais sobre o equinócio, fica a dica dos textos e imagens do google e dos vídeos do youtube

nascer do sol

Nascer do sol às 06:50 no município de Diadema. Foto por Estela Maria Costa Monteiro

 

*Leonardo Sioufi Fagundes dos Santos é professor de Física da UNIFESP Diadema, membro do Departamento de Física e docente no Curso de Ciências - Licenciatura.

 

 

 

 

 

Vídeo apresentado pela pedagoga e astrônoma amadora Jackeline Campos produzido pela divulgadora científica Graciele Almeida de Oliveira para o Projeto BINGO.

por Leonardo S. F. dos Santos

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) escolheu 11 de fevereiro como o "Dia Internacional das Mulheres na Ciência". Por isso, nesta semana, o Portal Píon destaca a importância das mulheres na Física e nas ciências em geral.

Acompanhe o podcast Oxigênio com depoimentos de algumas pesquisadores e estudantes. Neste áudio, mulheres entrevistam mulheres.

Quantos somos

HojeHoje1169
OntemOntem1163
SemanaSemana4829
MêsMês25529
TotalTotal1423694