Escrito por Leonardo Sioufi Fagundes dos Santos*.

Nobel Fisica 2019

Créditos: Reprodução/Twitter Nobel Prize. Da direita para a esquerda: Michael Mayor, James Peebles e Didier Queloz.

O prêmio Nobel é a mais famosa premiação envolvendo ciência, cultura e ação social. Os prêmios são anuais e as áreas de premiação são: Física, Química, Medicina, Economia, Literatura e Paz. Neste ano de 2019, os vencedores do prêmio Nobel de Física foram o canadense James Peebles e os suiços Michel Mayor e Didier Queloz. Todos esses pesquisadores eram astrofísicos.

James Peebles trabalha na universidade estadunidense de Princeton. Peebles desenvolveu teorias sobre a evolução do Universo para explicar sua composição atual. Peebs ganhou cerca de 1,86 milhões de reais, a metade do prêmio Nobel.

Michel Mayor e Didier Queloz são professores da universidade de Genebra, na Suiça. Eles descobriram o primeiro planeta fora do sistema solar, o 51 Pegasi b. Os planetas externos ao nosso sistema solar são chamados de exoplanetas. Até hoje, 08/10/2019, já foram descobertos 4.109 exoplanetas. Mayor e Queloz dividiram os outros1,86 milhões de reais do prêmio.

Embora poucos ganhem o prêmio Nobel, o trabalho resultante nestas descobertas e teorias envolve um número bem maior de pessoas. Todo pesquisador é beneficiado com toda a ciência desenvolvida antes deles próprios, incluindo equipes de cientistas contemporâneas a eles. O prêmio Nobel é como a ponta de um iceberg que esconde toda uma classe de pesquisadores desconhecidos do grande público.

Para maiores informações, é interessante ler a mesma notícia no G1, Folha e Estadão.

* Leonardo Sioufi Fagundes dos Santos é coordenador do Portal Píon da Sociedade Brasileira de Física e professor de Física da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), campus de Diadema.

Quantos somos

HojeHoje196
OntemOntem764
SemanaSemana4904
MêsMês11435
TotalTotal1367220