O técnico em eletrônica e licenciando em ciências pela UNIFESP, Cláudio Testi, construiu um acelerador de partículas com materiais de baixo custo e explicou todo o processo! Vale a pena conferir!

 

A vibração do cano de saída da água com diferentes frequências gera uma série de padrões interessantes. Foram aplicadas frequências de 24Hz, 25Hz e 23Hz , ou seja, 24, 25 e 23 vibrações por segundo respectivamente. Para 24Hz, a água percorre um caminho fixo em sua queda. Com 25Hz, a trajetória da água muda lentamente, ondulando para baixo. Enfim, em 23Hz, a água continua caindo, mas a trajetória se "move" para cima.

Quantos somos

HojeHoje77
OntemOntem927
SemanaSemana2801
MêsMês6536
TotalTotal2164210