Usando interferência para criar processador quântico integrado

Destaque em Física, semana de 02 de fevereiro de 2017

destaque 02022017A busca por computadores quânticos – ou seja, sistemas capazes de realizar processamento de dados usando para isso propriedades quânticas – é uma das áreas mais ativas da física atual.

Nesse sentido, um trabalho americano com participação brasileira e alemã deu um importante passo, ao mostrar um meio de permitir processamento robusto e prática de informações quânticas.

O trabalho, que tem como um dos autores Paulo Nussenzveig, do Instituto de Física da Universidade de São Paulo, na capital paulista, foi publicado online em 20 de janeiro na revista "Nature Communications".

A pesquisa se concentra nos desafios de se desenvolver um dispositivo com óptica quântica integrada – em que todas partes do sistema estão num mesmo chip, em vez de num arranjo experimental de mesa.

Embora a integração seja obviamente o caminho mais desejável, tanto em termos de consumo de energia quanto capacidade de miniaturização, sua implementação prática demandaria uma utilização mais ampla dos graus de liberdade disponíveis no campo óptico.

Na nova pesquisa, os autores demonstraram interferência quântica entre os modos espaciais transversos dentro de uma única onda-guia multimodal e mostraram que os modos espaciais podem ser controlados a um nível sem precedentes – o que abre caminho para o desenvolvimento de um sistema prático de processamento de dados.

Para ler o artigo completo, clique aqui.

Assessoria de comunicação da SBF

Salvador Nogueira
Tel: +55 11 99178-9661
E-mail:  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Twitter: http://twitter.com/sbfisica
Facebook: http://www.facebook.com/sbfisica

PION

Portal SBF de
Divulgação da Física