Novo livro traz relatos de professores em visita ao CERN

Acontece na SBF, semana de 11 de junho de 2015

acontece-11062015Todos os anos, a Sociedade Brasileira de Física promove, com o apoio financeiro da Capes, a Escola de Física CERN, um programa que leva dezenas de professores de Física do Ensino Médio até as instalações do maior centro de Física de Partículas do mundo. Localizado na fronteira entre a Suíça e a França, o CERN abriga o LHC (Large Hadron Collider), o superacelerador que permitiu a descoberta do bóson de Higgs, em 2011.

A rica experiência de conhecer um centro de pesquisa na fronteira da ciência se traduz em avanços didáticos significativos na sala de aula, como se pode ver no livro "Nós, professores brasileiros de Física do Ensino Médio, estivemos no CERN", organizado por Nilson Marcos Dias Garcia, da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e coordenador da Escola de Física CERN desde seu início, em 2009.

O volume, editado pela SBF em parceria com a Editora Livraria da Física, com 542 páginas e repleto de fotografias, a maior parte tiradas pelos próprios autores, reúne artigos de diversos professores participantes da Escola de Física CERN e serve não só como um minucioso registro do histórico do Programa mas também como uma importante referência para professores que ainda não tiveram a oportunidade de participar, além de apresentar um sem número de informações que podem ser utilizadas por professores de Física em suas atividades docentes.

Nos dois primeiros capítulos, o livro aborda a importância do CERN para a Física de Partículas e o nascimento da Escola de Professores no CERN em Língua Portuguesa - iniciativa que começou por Portugal, país que é membro do CERN, e depois foi estendida, por meio de parcerias, para outras nações lusófonas, como o Brasil e países da África. Professores brasileiros têm podido participar desde 2009.

O terceiro capítulo reúne artigos relatando a expectativa, a ansiedade e mesmo a notoriedade que envolve os professores selecionados, em função da viagem ao CERN, servindo portanto como ótima referência para aqueles que virão a participar do Programa nos próximos anos.

O quarto capítulo, por sua vez, conta com depoimentos de quem esteve lá e resgata toda a riqueza da experiência, relatando as visitas ao LIP (Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas), em Lisboa, e o curso no CERN propriamente dito, em Genebra.

Por fim, o quinto capítulo traz os incríveis resultados da Escola de Física CERN, com professores descrevendo como a viagem permitiu transpor os conhecimentos adquiridos para o universo da sala de aula, estimulando os alunos a refletir e a se interessar pela ciência de ponta. Os artigos são sofisticados e podem trazer boas ideias aos professores que ainda não tiveram a mesma chance, para que eles possam incrementar suas próprias aulas.

Interessados na aquisição do livro podem fazê-lo através da Livraria da Física (http://www.livrariadafisica.com.br/).

PION

Portal SBF de
Divulgação da Física