Curso leva professores do Ensino Médio para visita ao CERN

Escola de Física, organizada no Brasil pela SBF, recebe inscrições até o próximo dia 9 para estágio e curso de uma semana no Centro Europeu de Pesquisa Nuclear

Uma chance para que professores das redes municipais, estaduais e federal, além da rede privada, tenham contato com as pesquisas de ponta na física de partículas. É assim que pode ser definida a Escola de Física do CERN (Centro Europeu de Pesquisa Nuclear), que contará em 2013 com a participação do Brasil pela quinta vez.

Coordenado no país pela Sociedade Brasileira de Física (SBF), com apoio da Diretoria de Educação Básica da CAPES e em parceria com o LIP (Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas), em Lisboa, o curso selecionará 30 professores de Ensino Médio do Brasil para uma visita ao CERN.

A prestigiosa instituição europeia administra o maior acelerador de partículas do mundo, o LHC (Large Hadron Collider). Construído na divisa entre a França e a Suíça, ele fez manchetes recentemente com a esperada descoberta do bóson de Higgs.

"As expectativas são auspiciosas", afirma Nilson Marcos Dias Garcia, pesquisador da Universidade Técnica Federal do Paraná (UTFPR) que coordena a participação brasileira e deve liderar a comitiva nacional.

O curso, que envolve a participação de todos os países lusófonos (falantes do português), acontecerá de 1 a 7 de setembro, e a programação deve seguir os moldes dos anos anteriores, com a oportunidade de os professores travarem contato com a pesquisa de ponta.

“O programa em língua portuguesa é tido pela direção do CERN como modelo de extensão de suas atividades, pela integração de culturas, pelo entusiasmo de seus professores e pelo impacto resultante”, afirma Gaspar Barreira, representante de Portugal no Conselho da instituição europeia.

Quem participou em 2012 aprovou a experiência. "É um centro efervescente da resolução de problemas", comenta Margareth Polido Pires Ferreira, professora de uma escola particular de São Paulo (SP) que foi escolhida para a viagem no ano passado. "Fiquei impressionada com a capacidade de resolver problemas do CERN. Como o CERN trabalha no limite da ciência e da tecnologia, no sentido de que trabalha com o inédito, são inúmeros os problemas que precisam de uma solução. Achei isso inebriante!"

Todas as informações necessárias para a inscrição estão no hotsite da Escola de Física do CERN na SBF, em http://www.sbfisica.org.br/v1/escolacern/. Basta clicar em "Edições" e selecionar a de 2013.

CONTATOS

Nilson Marcos Dias Garcia (UTFPR)
Tel: 0/xx/41 3310-4718
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Assessoria de comunicação da SBF
Salvador Nogueira
Tel: +55 11 99178-9661
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Twitter: http://twitter.com/sbfisica
Facebook: http://www.facebook.com/sbfisica

PION

Portal SBF de
Divulgação da Física