Brasil abriga maior evento mundial de raios cósmicos

Trigésima-terceira edição da International Cosmic Ray Conference acontece em julho no Rio de Janeiro, com mais de mil cientistas inscritos.

AMS_on_ISS_700kEm mais uma demonstração da crescente inserção da ciência brasileira no cenário global, o mais prestigioso evento científico internacional sobre radiação cósmica acontecerá neste ano no Rio de Janeiro. É a primeira vez que a ICRC (International Cosmic Ray Conference) acontece na América do Sul.

Organizado em parceria pela Sociedade Brasileira de Física (SBF), pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF) e pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o evento ocorrerá no Centro de Convenções SulAmérica, entre os dias 2 e 9 de julho.

Em sua 33ª edição, ele deve reunir mais de mil cientistas, que compartilharão os últimos resultados na área, abordando temas que vão desde o estudo do Sol até os mistérios mais instigantes das profundezas do espaço, como as explosões de raios gama e a natureza da matéria escura.

Aliás, por falar nela, entre os resultados mais esperados da conferência estão aqueles que serão apresentados por Samuel Ting, físico americano e vencedor do Nobel em Física em 1976. Ele é o atual líder do experimento AMS (Espectrômetro Magnético Alfa, na sigla em inglês), que foi instalado em maio de 2011 na Estação Espacial Internacional (ISS).

Em estudo recentemente publicado, Ting e seus colegas já apresentaram os resultados iniciais do AMS, que indicam um possível sinal de partículas conectado com o fenômeno de aniquilação de matéria escura. Caso isso se confirme, será a primeira evidência não-gravitacional da existência dessa misteriosa entidade que aparentemente não interage com a matéria convencional por nenhuma outra via.

“Espera-se que Ting apresente na conferência dados preliminares que vão além do trabalho já publicado e podem já conter sinais de confirmação de que se trata mesmo de evidência de matéria escura”, diz Ronald Shellard, vice-presidente da SBF e pesquisador do CBPF.

Além da apresentação de Ting, a ICRC contará com cerca de 300 palestras científicas, em sessões plenárias e paralelas, além de diversas palestras para o grande público.

Fronteiras do Sistema Solar

Um dos participantes ilustres é Ed Stone, que coordena a chamada missão interestelar das sondas Voyager. Lançadas na década de 1970 em uma rota para além das fronteiras do Sistema Solar, elas avançam rapidamente na direção da chamada heliopausa -- região em que a radiação solar já não mais predomina sobre a que vem das outras estrelas. Espera-se que Stone apresente os resultados mais recentes obtidos com a Voyager-1 (a mais distante das duas sondas) e confirme a quantas anda a busca pelos limites extremos da influência solar.

A ICRC também será palco da entrega dos prêmios concedidos pela IUPAP (União Internacional de Física Pura e Aplicada) para a pesquisa em física de raios cósmicos e astrofísica de partículas.

MAIS INFORMAÇÕES
http://www.cbpf.br/~icrc2013/

CONTATOS

Ulisses Barres (CBPF)
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Tel: +55 21 2141-7192

Ronald Cintra Shellard (CBPF)
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Tel: + 55 21 2141-7331

Assessoria de comunicação da SBF
Salvador Nogueira
Tel: +55 11 99178-9661
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Twitter: http://twitter.com/sbfisica
Facebook: http://www.facebook.com/sbfisica

PION

Portal SBF de
Divulgação da Física