Física brasileira conquista Prêmio L'Oréal-UNESCO

Marcia Barbosa, da UFRGS, foi a vencedora proveniente da América Latina, ao lado de uma africana, uma asiática, uma norte-americana e uma europeia.

marciabarbosaO Brasil é um dos vencedores do 15o Prêmio L'Oréal-UNESCO para Mulheres Na Ciência, na pessoa de Marcia Barbosa, física da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). O anúncio foi feito nesta sexta-feira (19) pela Fundação L'Oréal e a Unesco, em Paris.

Outras quatro cientistas foram premiadas, representando quatro continentes diferentes.

Francisca Nneka Okeke, da Universidade da Nigéria, foi agraciada por "suas significativas contribuições para o entendimento de variações diárias nas correntes de íons na alta atmosfera, que pode aumentar nossa compreensão da mudança climática".

Pratibha Gai, da Universidade de York, no Reino Unido, recebeu o prêmio por "engenhosamente modificar seu microscópio eletrônico de forma que pudesse observar reações químicas acontecendo nos átomos superficiais de catalisadores, o que ajudará os cientistas no desenvolvimento de novos medicamentos ou novas fontes de energia".

Reiko Kuroda, da Universidade de Ciência de Tóquio, no Japão, foi lembrada por "descobrir a importância funcional da diferença entre moléculas destras e canhotas, que tem aplicações vastas, inclusive na pesquisa de doenças neurodegenerativas com o mal de Alzheimer".

Deborah Jin, do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia e da Universidade de Colorado em Boulder, nos Estados Unidos, foi premiada por "ter sido a primeira a resfriar moléculas a ponto de poder observar reações químicas em câmera lenta, o que pode ajudar na compreensão de processos moleculares importantes para a medicina ou para novas fontes de energia".

Marcia Barbosa, por sua vez, entrou na seleta lista por "descobrir uma das peculiaridades da água que podem levar a um melhor entendimento de como os terremotos ocorrem e como as proteínas se dobram, o que é importante para o tratamento de doenças".

Cada uma dos premiadas será homenageada em uma cerimônia em Paris no dia 28 de março de 2013 e receberá uma soma de US$ 100 mil em reconhecimento de suas realizações.

Marcia Barbosa tem se destacado em meio a comunidade internacional de física, tendo sido eleita vice-presidente da IUPAP (União Internacional de Física Pura e Aplicada). Agora, ela entra também na lista das cientistas brasileiras já premiadas pela L'Oréal e pela Unesco, que já contava com Mayana Zatz, da USP, Belita Koiller, da UFRJ, Lucia Previato, da UFRJ, e Beatriz Barbuy, da USP.

Assessoria de comunicação da SBF
Salvador Nogueira
Tel: +55 11 99178-9661
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Twitter: http://twitter.com/sbfisica
Facebook: http://www.facebook.com/sbfisica

 

PION

Portal SBF de
Divulgação da Física