Vice-presidente da IUPAP destaca avanços da física brasileira

Aumento de participação no organismo internacional promove maior visibilidade do Brasil, “tomando posse de nosso lugar no mundo científico”

iupap_logo"Viramos 'gente grande'", resume Marcia Barbosa, pesquisadora da UFRGS e vice-presidente da IUPAP (International Union of Pure and Applied Physics), ao se referir à atual situação da Física no Brasil. Para ela, o sucesso se dá graças a um financiamento regular e ininterrupto à pesquisa ocorrido nos últimos anos e justifica o esforço recente da Sociedade Brasileira de Física de ampliar a participação nacional no órgão internacional.

"Esta organização é responsável pela realização das conferências em física mais importantes do mundo e é a chamada para responder sobre questões de política científica por governos e agentes internacionais como, por exemplo, a Unesco", afirma Barbosa.

Durante a última Assembleia Geral da IUPAP, realizada no fim do ano passado em Londres, a participação de físicos brasileiros nas comissões da entidade praticamente dobrou. "Tínhamos cinco ou seis membros, agora temos 11", comemora Celso de Melo, presidente da SBF.

Se o resultado foi bastante satisfatório, não foi surpreendente. Cada sociedade nacional mantém um certo número de cotas dentro do organismo internacional. O Brasil, por meio da SBF, tinha 4 cotas, mas decidiu ampliar o número para 8, como forma de pressionar por mais representatividade. "Foi a maneira que encontramos de expressar a visibilidade da comunidade brasileira", explica Melo.

Mas somente ampliar o número de cotas não bastaria. Nas regras da organização, não há nada que atrele o aumento na participação com o número de membros eleitos. "Fizemos também um trabalho intenso para colocar pessoas nas comissões", completa o presidente da SBF. "Tudo faz parte desse grande esforço de internacionalização da ciência brasileira."

Para Marcia Barbosa, a comunidade brasileira acaba de dar um salto. "A presença do Brasil nas diversãs Comissões e Grupos de Trabalho da IUPAP vinha sendo bastante tímida. Enquanto países como Rússia e Índia contavam com uma dúzia de representantes, o Brasil apresentava-se com no máximo meia dúzia."

Além do aumento da participação nas comissões, Barbosa destaca a criação, pelo Conselho da IUPAP, de um Grupo de Trabalho para estudar a questão energética. "A presença de um pesquisador do Brasil surgiu naturalmente", diz.

Segundo a vice-presidente da IUPAP, o aumento de presença brasileira significa, mais que um avanço, uma mudança de mentalidade. "É resultado não só do crescimento científico da física brasileira, mas de termos abandonado o 'complexo de vira-lata' e de estarmos hoje tomando posse de nosso lugar no mundo científico."

A despeito dos avanços, ela também lança um alerta -- o perigo do contigenciamento de verbas para pesquisa. "Infelizmente no ano de 2011 esse financiamento foi seriamente contingenciado. Mas espero que esse processo se reverta rapidamente, pois país rico é país com ciência e tecnologia."

Confira abaixo a lista dos 11 membros brasileiros eleitos para Comissões da IUPAP.

Vanderlei Salvador Bagnato
C2 - Comissão sobre Símbolos, Unidades, Nomenclatura, Massas Atômicas e Constantes Fundamentais

Ronald Cintra Shellard
C4 - Comissão sobre Raios Cósmicos

Rita Maria Cunha de Almeida
C6 - Comissão sobre Física Biológica

Belita Koiller
C8 - Comissão sobre Semicondutores

Sergio Ferraz Novaes
C11 - Comissão sobre Partículas e Campos

Alinka Lepine-Szily
C12 - Comissão sobre Física Nuclear

Paulo Murilo de Castro Oliveira
C13 - Comissão sobre Desenvolvimento da Física

Roberto Nardi
C14 - Comissão sobre Educação na Física

Ricardo Magnus Osorio Galvão
C16 - Comissão sobre Física de Plasma

Sérgio Carlos Zilio
C17 - Comissão sobre Eletrônica Quântica

Ronald Dickman
C20 - Comissão sobre Física Computacional

CONTATOS
Celso de Melo (UFPE)
Tel: 0/xx/11 7242-3874
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Marcia Barbosa (UFRGS)
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Assessoria de Comunicação da SBF
Salvador Nogueira
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Tel: +55 11 9178-9661

 

PION

Portal SBF de
Divulgação da Física