Carta aberta de associados sobre cenário político nacional

NOTA DA DIRETORIA DA SBF

Prezados associados,

No dia 29/9/2016 foi entregue na sede da SBF uma carta aberta dirigida à Diretoria, trazida por duas colegas professoras da USP e recebida em mãos pela presidente.

A carta trata de questões políticas e institucionais de caráter geral, que têm sido nos últimos tempos objeto de debates acalorados no cenário político-partidário nacional.  As opiniões nela contidas contrapõem-se ao atual governo, que assumiu após o processo de impedimento conduzido recentemente pelo Senado Federal, como pode ser visto na leitura do texto.

Os signatários da carta propõem que a SBF, através de sua Diretoria e do seu Conselho, assuma as posições nela contidas, que refletiriam em sua avaliação as do conjunto dos sócios. A carta tem 349 signatários, que se apresentam como associados da SBF. De acordo com nossos registros, 202 destes signatários são sócios em situação regular, 89 são sócios inadimplentes e 58 não têm vínculo com a SBF.

A SBF possui atualmente 13.500 sócios. É esperado que, dentre estes, haja sócios que compartilhem da visão expressa na carta. Mas não é justificável que o posicionamento destes 349 colegas, relativo a questões tão polêmicas na sociedade brasileira, possa ser tomado como posição representativa do conjunto de sócios.

Por este motivo a diretoria não pode atender ao que é proposto na carta, mas, em respeito ao direito de opinião dos colegas que a assinam, publicamos a carta na seção de opinião da edição de hoje do nosso Boletim.

Para acesso à integra da carta aberta clique aqui.

Em tempo: registramos o re-envio à diretoria e conselheiros da SBF, em meio eletrônico, do mesmo documento com o acréscimo de 27 signatários, o que não altera as considerações acima.

 

Física ao Vivo

Destaque em Física

Sociedade Brasileira de Física