Verificação independente de emaranhamento

Uma das propriedades mais ​características ​ para o desenvolvimento de computadores e sistemas de comunicação quânticos é o emaranhamento, em que as propriedades de ​duas ou mais ​​de partículas são entrelaçadas​. Trata-se de propriedade exclusiva de sistemas quânticos, sem análogo clássico.​

Contudo, os experimentos costumam presumir que os sistemas funcionam conforme o esperado ​teoricamente ​e​ que ​ não existe a necessidade de verificar de forma independente o processo de emaranhamento. Para dispositivos práticos e robustos voltados para​ informação e​ computação, essa será uma dificuldade que precisa ser vencida​. Propostas teoricas para medida de emaranhamento podem não quantificá-lo apropriadamente para a aplicação pretendida.

 Um passo importante na direção ​de confirmar o emaranhamento ​foi dado por um​a colaboração entre ​ grupo​s​ de físicos na Espanha e no Brasil​, da qual participam​ D. Cavalcanti e P. Skrzypczyk, do ICFO-Instituto de Ciências Fotônicas, em Barcelona, os pesquisadores G. H. Aguilar, R. V. Nery, P.H. Souto Ribeiro e S. P. Walborn, da Universidade Federal do Rio de Janeiro​. Eles​ realizaram uma série de experimentos ópticos para demonstrar a viabilidade de obter confirmação independente do emaranhamento.


"Nossos resultados fornecem um método para detectar emaranhamento num cenário entre o emaranhamento padrão e os cenários totalmente independentes de dispositivos, e fornecem uma base para aplicações criptográficas semi-independentes de dispositivo em redes quânticas", escrevem os autores, em artigo publicado em 3 de agosto na "Nature Communications".

Para ler o artigo completo, clique aqui.

 

Física ao Vivo

novembro fisica ao vivo

Destaque em Física

Sociedade Brasileira de Física