Novo número da RBEF traz novidades

destaque 07042016

Já está na rede, no site do Scielo, o volume 38-1 da Revista Brasileira de Ensino de Física (RBEF), correspondente aos meses de janeiro a março de 2016.

Esse é o primeiro fascículo produzido sob a responsabilidade do portal de publicações acadêmicas Scielo e os artigos publicados cobrem amplo espectro de assuntos, como por exemplo a análise de “O Senhor dos Anéis” como uma rede social, unindo literatura, matemática e física.

Redes sociais em “O Senhor dos Anéis”

Um campo fascinante de pesquisa, relativamente recente, envolve o uso de ferramentas da física e da matemática para abordar questões ligadas à sociologia, como o estudo das redes sociais. Essas investigações podem esclarecer tanto questões sócio-econômicas quanto outras ligadas à disseminação da comunicação e processamento de informação, entre outros aspectos.

Agora, um estudo no mínimo inusitado, publicado na RBEF, mostra toda a versatilidade e o fascínio que permeiam essa linha de investigação: ele procede com uma análise da rede social dos personagens de “O Senhor dos Anéis”, obra de J.R.R. Tolkien.

De autoria de Mauricio Aparecido Ribeiro, Roberto Antonio Vosgerau, Maria Larissa Pereira Andruchiw e Sandro Ely de Souza Pinto, todos do Departamento de Física da Universidade Estadual de Ponta Grossa (PR), o trabalho na verdade aborda o conjunto da obra de Tolkien ambientado na fictícia Terra-média, representado pelos livros “O Silmarillion”, “O Hobbit” e “O Senhor dos Anéis”.

“O principal objetivo desse artigo é a análise da estrutura social emergente do conjunto destas obras, onde as reações sociais são descritas pelos critérios de alusão, compartilhamento de eventos e ligação direta, com as principais medidas de centralidade juntamente com a entropia estrutural de primeira ordem”, descrevem os pesquisadores.

Os autores estabelecem uma analogia entre os personagens do livro e partículas em sistemas-modelo da mecânica estatística, o que viabilizou a análise do grau de de homogeneidade das ligações entre as comunidades formadas. Através da análise de transitividade entre os personagens os autores identificam cinco comunidades distintas na população da rede social ambientada na Terra-média.

Além do trabalho sobre Tolkien, a edição também traz outros artigos, todos em temas atuais bastante interessantes, como um que aborda o clima espacial e os choques interplanetários, a geração de arquivos em formato GIF animado para explicar conceitos de física de forma didática e a proposta de atividade experimentais para aulas de laboratório em cursos de graduação em física.

Para ler o artigo sobre as redes sociais em Tolkien, clique aqui. Para ver a lista completa de artigos da RBEF, clique aqui.

 

Física ao Vivo

novembro fisica ao vivo

Destaque em Física

Sociedade Brasileira de Física