RBEF destaca relatividade geral e ondas gravitacionais

O último fascículo deste ano da Revista Brasileira de Ensino de Física, referente ao trimestre de outubro a dezembro de 2016, já está fechado e disponível na página da publicação no Scielo.

Pegando carona no grande destaque científico do ano – as primeiras detecções de ondas gravitacionais feitas pela colaboração LIGO, da qual o Brasil faz parte –, a edição traz uma seção especial sobre relatividade geral e ondas gravitacionais.

No conteúdo, há um artigo de revisão histórica sobre a "solução de Schwarzschild", a primeira apresentação formal de um buraco negro de acordo com uma solução das equações da relatividade geral. O texto é assinado pelo editor associado da RBEF, Alberto Saa, da Unicamp. 
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-11172016000400301&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Há também outro artigo de caráter histórico que se concentra na visita de cientistas britânicos a Belém do Pará, como parte do planejamento e da realização da expedição que faria a observação do eclipse solar de maio de 1919, em Sobral, no Ceará. Esse seria o primeiro teste real a que a relatividade geral seria submetida. O texto é assinado por Luís Carlos Bassalo Crispino e Marcelo Costa de Lima, ambos da Universidade Federal do Pará. 
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-11172016000400303&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Um artigo um pocuo mais técnico faz um apanhado da primeira detecção direta de ondas gravitacionais, anunciada no começo deste ano. Ele é escrito por Mauro Cattani, do Instituto de Física da USP, e por José Maria Filardo Bassalo, professor aposentado da UFPA. Uma ressalva: o texto completo está em inglês. 
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-11172016000400302&lng=en&nrm=iso&tlng=en

Fora da seção especial, um artigo sobre geometria espacial e relatividade especial merece destaque. Muito acessível, ele foi redigido por Fabiana Botelho Kneubil, da Universidade Federal de Santa Catarina. Texto completo em inglês.
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-11172016000400409&lng=en&nrm=iso&tlng=en.

Por fim, diversos artigos de interesse pedagógico em diferentes níveis e diversos tópicos de física marcam a edição, como um sobre "alargamento de linhas espectrais", destinado a lunos mais avançados, um que relembra os "cem anos do átomo de Sommerfeld" e um que ensina como fabricar um caleidoscópio simples, a ser usado em experiências de óptica do Ensino Médio.

E o editor da RBEF, Silvio Salinas, destaca que o fascículo seguinte, 39-1, está quase fechado, mantendo a tendência recente de cumprir os prazos de publicação com alguma folga.

Para explorar o conteúdo completo da edição 38-4, clique aqui.

 

Física ao Vivo

novembro fisica ao vivo

Destaque em Física

Sociedade Brasileira de Física