Poços quânticos e isolantes topológicos

Imprimir

Destaque em Física, semana de 26 de março de 2015

destaque-26032015Em 1987 foi prevista teoricamente a possibilidade de se observar estados da matéria condensada com o comportamento peculiar de ser um isolante no volume e se comportar como um bom condutor na superfície. O efeito foi demonstrado 20 anos depois, utilizando o arranjo sugerido no trabalho teórico: uma fina camada de telureto de mercúrio (HgTe) confinada entre camadas de telureto de cádmio (CdTe), como um sanduiche.

Estruturas tipo sanduíche são conhecidas como poços quânticos e o comportamento peculiar de poços finos (inferiores a 8 nm) de HgTe deve-se à formação de estados protegidos por leis de conservação e simetria da física, que garantem o transporte de corrente na superfície do material. A proteção é demonstrada no formalismo por aspectos da topologia da descrição microscópica do sistema, portanto materiais deste tipo são denominados isolantes topológicos.

Estudos experimentais acabam de revelar que poços quânticos de até 14 nm de HgTe praticamente o dobro dos observados até então, podem também se comportar como isolantes topológicos.

Leia mais...

Interações repulsivas em materiais bidimensionais

Imprimir

Destaque em Física, semana de 19 de março de 2015

destaque-19032015Por mais que as leis físicas mais gerais sejam conhecidas, alguns fenômenos específicos que se manifestam em laboratório demandam a criação de modelos cada vez mais sofisticados para explicá-los.

Um novo trabalho conduzido por um trio de pesquisadores no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina avança exatamente num desses fenômenos, ajudando a explicar a ordem de longo alcance em sistemas que apresentam faixas (listras) na fase ordenada. Este tipo de ordenamento é obtido no trabalho a partir de um modelo que incorpora interações repulsivas de longo alcance e interações atrativas de curto alcance. As faixas resultam da competição entre as duas interações e do confinamento do sistema a duas dimensões.

Leia mais...

Clonando o comportamento eletrônico com átomos

Imprimir

Destaque em Física, semana de 12 de março de 2015

destaque-12032015

As propriedades óticas (opaco/transparente/cor, espectro de absorção), de transporte de corrente (condutor, supercondutor ou isolante), e estruturais (arranjos atômicos, dureza) dos materiais cristalinos são definidas quase que inteiramente pelo comportamento dos seus elétrons ligados ao potencial da estrutura periódica dos íons do sólido.

A habilidade de aprisionar átomos em redes óticas, cujo potencial cristalino é gerado por lasers contra-propagantes em ambiente com temperaturas ultra baixas (na faixa de nano Kelvin), permitiu a criação de um novo tipo de sistema, onde os átomos seguem o comportamento de elétrons em sólidos Esses cristais artificiais são conhecidos como redes óticas.. Ao contrário do que acontece com os sistemas eletrônicos na Matéria Condensada, nas redes óticas é possível controlar praticamente todos os parâmetros envolvidos nas características da matéria condensada. Em particular As interações interatômicas, controladas através de um campo magnético, podem se tornar atrativas ou repulsivas. O potencial químico (número médio de átomos no sistema) é também facilmente controlável, podendo ser introduzida desordem.

Pesquisas realizadas por um grupo com participação brasileira e publicadas em duas das mais prestigiosas revistas científicas em Física, receberam ainda destaque recente na revista Science.

Leia mais...

XXXVIII Reunião de Trabalho sobre Física Nuclear no Brasil

Imprimir

A Reunião de Trabalho sobre Física Nuclear no Brasil (RTFNB) é um evento realizado anualmente pela Sociedade Brasileira de Física desde 1978, com o intuito de promover a pesquisa em física nuclear; fomentar e fortalecer as colaborações entre os físicos nucleares do país; e divulgar os avanços na pesquisa em física nuclear e suas aplicações.

A 38ª Reunião será realizada em Mangaratiba, RJ, de 07 a 11 de setembro de 2015, no Portobello Resort & Safari. O evento contará com a presença de pesquisadores de instituições nacionais e estrangeiras. O programa contempla os diversos campos da física nuclear em que há atividade de pesquisa no país.

Saiba mais

Interação de grafeno e fosforeno em heteroestruturas

Imprimir

Destaque em Física, semana de 05 de março de 2015

destaque-05032015Os estudos do grafeno são uma prioridade estratégica mundial, diante de seu potencial transformador na tecnologia. O grafeno é uma estrutura de carbono com apenas um átomo de espessura, que apresenta propriedades incríveis, como condutividade, transparência e resistência física.

Agora, um novo trabalho brasileiro elucida fenômenos e aponta caminhos para a investigação de estruturas que combinem camadas de grafeno e fosforeno.

Leia mais...

Light 2015

BlockLogo

Quantos Online

Temos 35 visitantes online


Edifício Sede

Rua do Matão,
travessa R, 187

Cidade Universitária,
CEP 05508-090
São Paulo, SP

Tel: 55-11-3034.0429
Fax: 55-11-3814.6293

PION

Portal SBF de
Divulgação da Física