Pesquisas brasileiras ameaçadas no CERN

Acontece na SBF, semana de 21 de setembro de 2017

acontece

Em nota enviada por Claudio Lenz e Ignacio Bediaga, este último presidente da RENAFAE (Rede Nacional de Física de Altas Energias), pesquisadores alertam para o risco de interrupção das pesquisas brasileiras no CERN, o centro europeu de física de partículas que abriga o LHC, maior acelerador do mundo.

Leia mais...

Associação Brasileira de Cristalografia protesta contra cortes

Acontece na SBF, semana de 21 de setembro de 2017

acontece 21092017 2

A Sociedade Brasileira de Física recebeu da Associação Brasileira de Cristalografia (ABCr) uma "Carta aberta à comunidade científica e acadêmica, em que a entidade manifesta "profunda preocupação" com os cortes de verbas para ciência, tecnologia e educação no orçamento federal.

"A descontinuidade de programas e projetos científicos pode levar a retrocessos irrecuperáveis, justamente após os recentes avanços obtidos pela ciência brasileira nos últimos anos, que vinham atingindo padrão e volume nunca antes alcançados", diz o documento, aprovado por unanimidade pela assembleia geral da organização realizada em Vitória (ES), no último dia 8.

Leia mais...

Pesquisa no LHC fecha cerco sobre física além do modelo padrão

Destaque em Física, semana de 21 de setembro de 2017

destaque 21092017

Após a descoberta do bóson de Higgs, que coroou de forma exemplar o chamado modelo padrão da física de partículas, o principal objetivo do LHC, o Grande Colisor de Hádrons operado pelo CERN, na divisa entre a França e a Suíça, passou a ser buscar pistas de fenômenos e partículas físicas que vão além do modelo padrão.

Um novo trabalho produzido pela colaboração internacional responsável pelo detector CMS, que tem participação brasileira, apresentou alguns dos últimos resultados dessa busca.

Leia mais...

MCTIC diz que faltam R$ 2 bi até o fim do ano e aconselha 'pressão saudável'

Acontece na SBF, semana de 14 de setembro de 2017

acontece 140917

Em reunião do Conselho Diretor do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, sinalizou que o MCTIC precisa de mais R$ 2 bilhões para cumprir com seus compromissos até o final do ano. A verba não está assegurada, de modo que Kassab aconselhou à comunidade científica que fizesse uma "pressão saudável" da comunidade pelo descontingenciamento dos recursos.

“Temos incentivado todos de uma maneira muito cuidadosa, mas necessária, para que sensibilizem as suas relações pessoais, midiáticas e políticas quanto à demanda identificada para 2017 e para o ano que vem. Precisamos, neste ano, de mais R$ 2 bilhões. Em 2016, nós precisávamos de R$ 1,5 bilhão e conseguimos. Temos que trabalhar, lutar e pressionar, porque não é um recurso que surge do nada. É um recurso muito disputado e, com essa Lei do Teto [Emenda Constitucional nº 95], nós temos que mostrar que atividades e bolsas de pesquisa não podem ter solução de continuidade”, completou.

Leia mais...

Já está no ar o Volume 40, Número 1, da RBEF

destaque rbef 14092017

Todos os artigos que compõem a edição referente ao trimestre janeiro-março de 2018 já estão disponíveis para consulta no site da Scielo.

Leia mais...

Quantos Online

Temos 90 visitantes online


Edifício Sede

Caixa Postal  7545 
São Paulo - SP - Brasil
CEP 06298-970

Tel: 55-11-3034.0429 

PION

Portal SBF de
Divulgação da Física